France Day Suassuna

Palavra e Humanidade

Textos

Reflexão
Reflexão

Estar solitário
É sentimento e sensação
Inerente ao ser humano.
Ao corte umbilical
Logo a primeira experiência...
Depois disso é que chega o amor
Vem após imensa solidão
Porque dela é o anestésico que aplaca a dor
A superação que sobrepõe
O isolamento, o abandono, a ausência...
A sabedoria de vencê-la.
Apenas o amor detém a solidão
Por que todo homem é uno
Faz-se sozinho
Legitimando a própria natureza.
Mas o amor...
E só o amor...
Quer trazer para perto
As importâncias
Que são caras e raras...
O sentido da vida
Que faz tudo valer a pena
Somos como árvores...
Repletos de frutos e galhos
Damos sombra e abrigo
Alimento e ornamento
Raízes e seivas
Sem jamais deixarmos de ser só.
Por tudo isso o amor
Anestesia a solidão
Supera a solidão
É sabedoria vencendo a solidão.
E sobretudo é alegria
De fazer-me tua poesia
Mesmo já não sendo tua inspiração
Um amor ficou na contra-mão
Mas na nossa estrada
Solidão virou união
E paixão – bela amizade
De verdade – por toda eternidade

France Day



France Day Suassuna
Enviado por France Day Suassuna em 03/05/2007
Alterado em 12/10/2008

Música: The old man - Lugar do Passado



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras